Evite estes 6 erros na adequação à LGPD

Evite estes 6 erros na adequação à LGPD

Read in English >

O processo de adequação à LGPD não é igual para todas as empresas, pois depende de suas necessidades e do tipo de negócio.

Porém, existem alguns erros comuns na hora de implementação da nova lei que podem ser facilmente evitados.

Citamos abaixo 6 erros comuns no processo de adequação à LGPD:

  1. Subestimar a LGPD

As empresas devem considerar a LGPD (assim como o GDPR) como um passo para uma gestão de dados pessoais mais compreensiva. Assim, o processo de adequação deve ser tratado com o mesmo nível de seriedade que qualquer outra decisão estratégica de negócios.

  1. Comparar com a GDPR

A LGPD e a GDPR são legislações similares, mas diferentes. Ou seja, as organizações que já passaram pelo processo de adequação ao GDPR, não podem ignorar as exigências da LGPD, somente pela sua semelhança com a legislação da União Europeia.

  1. Não modificar a cultura organizacional

É importante focar na parte técnica para adequação à LGPD sem esquecer de mudar a cultura organizacional: o conjunto de valores, crenças, rituais e normas adotadas por uma determinada organização.

Desta forma, as empresas devem educar seus colaboradores a partir de uma abordagem correta que explique:

  • a lei – as obrigações e multas
  • o impacto negativo que exposição de dados pessoais pode ter
  1. Adequação não global

Algumas organizações escolhem implementar a LGPD somente nos “principais” departamentos da empresa.

Efetivamente, é preciso analisar que áreas têm maior risco de vazamento de dados para que sejam priorizadas. No entanto, implementar a LGPD apenas nestes departamentos e dar o processo de adequação como terminado, é pôr a empresa em risco de uma futura sanção. Logo, a LGPD deve ser implementada na organização em geral e não somente em alguns departamentos.

  1. Não investir em Gestão de Identidades

O maior risco relacionado ao vazamento de dados é o interno, que se origina dentro da organização, mais ainda que ataques externos. Para evitar tal situação, as organizações devem definir quem tem acesso ao quê e qual o nível do acesso.

A implementação da gestão de identidades possibilita uma redução significativa de acessos indevidos.

  1. Assumir que o processo de adequação tem uma linha de chegada

A verdade é que cada empresa precisará de mais ou menos esforços para estar de acordo com a LGPD. Ainda assim, o trabalho de adequação é contínuo e precisa ser sempre atualizado.

Os fatores para cumprir a lei estão definidos na mesma:

  •  um programa bem executado de implementação da LGPD
  • manutenção com atualização constante

 

Agora que já conhece os erros que deve evitar na adequação à LGPD, é mais fácil compreender o que sua empresa pode fazer para facilitar o processo e como o GetComplied pode ajudá-lo.

Desenvolvemos o GetComplied para ajudar empresas a cumprirem as leis de proteção de dados e é super fácil! Pode editar suas políticas, cookies e direitos de usuários em uma só plataforma!

Evitar os erros mais comuns na adequação à LGPD é mais fácil com o GetComplied.

Was this post helpful?